Summer Love - Capítulo VI


"A amizade desenvolve a felicidade e reduz o sofrimento, duplicando a nossa alegria e dividindo a nossa dor. A alegria de fazer o bem é a única felicidade verdadeira".

- Bom dia, Catherine! - Alice falou cantarolando. Não entendi o motivo de sua alegria, sendo que ela sempre acordava de mal humor, ainda mais quando não não passavam das sete da manhã.

- Bom dia. - Disse um pouco grossa. Essa não foi minha intenção, mas eu não tinha culpa de ter acordado com o humor negro, esta manhã.

Escutei um murmuro de sua parte, antes de adentrar ao banheiro. O que eu precisava hoje era de um dia diferente, longe de todos os meus problemas. Onde eu pudesse ler tranquilamente, sem ninguém para atrapalhar-me.

- O que vai fazer hoje? - Alice perguntou após alguns minutos, quando eu finalmente havia saído do banheiro. Enrolada em uma toalha, eu analisava minhas opções sobre o que vestir esta manhã. Não estava fazendo frio, optei por um vestido básico.
- Ler. Longe de tudo e de todos. - Falei enquanto entrava no banheiro novamente, desta vez, apenas para vestir-me com a peça escolhida.

- Bem a sua cara. - Ela revirou os olhos, arrancando um sorriso meu. - Eu queria sair, ninguém está disposto a me acompanhar, só sobrou-me você. - Olhou-me com cara de cachorro que caiu da mudança. 

- Não. Hoje o dia será apenas meu, Alice. Nada de sair para fazer compras. Eu quero apenas ler. - Orgulhosa de mim mesma, por não ter cedido aos seus pedidos.

- Tudo bem. - Falou, dando-se por vencida. Agradeci por ela não ter insistido. - Seu namorado famoso ligou. - Namorado famoso... Tentei entender de quem Alice falava, mas ninguém me viera a mente. Eu tinha um namorado? - Harry, Catherine.  - Ela olhou-me repreendendo-me quando viu que eu não havia me lembrado. 

- Oh, ele não é meu namorado, Alice! - Disse em um tom repreensivo. 

Mas afinal, qual era a minha relação com Harry? Amigos? Não! Amigos não se beijam. Ah, isso me confunde. Sempre convivi bem com isso, mas agora essa pergunta não me deixaria em paz. Talvez eu devesse questioná-lo sobre isso. Mas na hora certa, apenas.

- Ele disse que queria encontrá-la. Hoje. - Oh, eu não sei se queria vê-lo hoje. Sendo que meu humor não era um dos melhores. E não melhoraria até o dia seguinte.

- Que horas?

- Ele não me falou. Pediu apenas para que você ligasse. 

Alice entrou no banheiro e eu fiquei travando uma batalha com meu subconsciente. Ligo ou não ligo? Minha deus interior está ao lado de Harry, enquanto meu subconsciente apenas quer que eu faça o certo. Não ligar. Talvez eu devesse escutar meu subconsciente, ele sempre tem razão.

Mas hoje não.

Peguei meu celular e disquei o número tão conhecido por mim. Primeiro toque. Eu estava suando freneticamente, o que diabos Harry quer comigo? Segundo toque. Ele ainda não atendeu, essa demora estava me deixando aflita. Terceiro toque. Eu estava a ponto de encerrar a chamada, quando a voz tão conhecida por mim atendeu.

- Alô?

- Harry... - Me perdi, não sabia o que falar, afinal eu liguei por que ele pediu para que eu ligasse. - Você queria falar comigo?

- Oh, sim. Olá Catherine. Como você está? - Perguntou-me educadamente, enquanto eu apenas queria que ele fosse direto ao assunto.

- Estou bem, Harry. Como você está? - Droga! Porque eu repeti sua pergunta. Talvez devesse fazer a pergunta, mas de outra forma. Assim soou tão idiota. Antes que eu continuasse minha batalha interna, Harry me respondeu gentilmente.

- Estou bem. - Oh! Ele fez o mesmo que eu, mas acho que com ele não soou tão idiota.

- Bem... ér... O que você queria falar comigo? - Espero que ele diga logo, não quero ser grossa com ele por telefone.

- Tudo bem. - Isso soou um pouco decepcionado. Talvez seja isso, senti-me tão culpada. - Eu vou passar para buscá-la às sete horas. Espero que esteja pronta. - Isso não foi um pedido, pareceu-me mais uma ordem. Talvez eu não devesse rebater, mas meu humor não ficou muito do meu lado.

- Eu não posso sair esta noite, Harry. - As palavras corajosamente saíram da minha boca, sem que eu ao menos pudesse impedi-las .

- Por favor, Kate. É muito importante. - Saiu como um sussurro sua voz. 

Pela primeira vez ele não me repreendeu por ter respondido à sua "ordem". Isso me deixou preocupada, bem, talvez muito preocupada. Harry não é assim, há algo errado. Sinto isso.

- Tudo bem. - Falei e não esperei resposta alguma, apenas desliguei o celular. 

O que estaria a lhe afligir? Talvez assuntos da banda, mas Harry nunca me preocuparia com essas coisas. Eu preciso descobrir o que há errado.

Alice saiu do banheiro repentinamente, dando-me um susto. Seu estado estava de dar medo. Cabelos muito, bagunçados. Dios Mio! O que deu em todo mundo hoje?

- O que aconteceu com você? - Permiti-me rir, esquecendo-me por alguns instantes o assunto que me deixara preocupada.

- Digamos que eu estou em meu momento de loucura. Todos estão namorando, até você! E eu não consigo achar meu par perfeito. - Porque ela deu enfase em "você"? Qual é o problema em eu estar namorando. Espera! Eu não estou namorando.

- Eu não estou namorando. E eu não sou um velha encalhada. - Disse indignada. 

- Tudo bem, diga o que quiser. Mas eu mantenho minhas opiniões sobre você. - Mostrei a língua para ela, que somente riu. - Falou com seu namorado?

- Harry não é meu namorado. E sim, falei com ele. - Ela olhou para mim. Pude ver que ela estava interessada em detalhes, pena que eu a deixaria frustrada com relação a isso. - Preciso ir. - Disse levantando-me.

- Isso não é justo, Catherine! - Ela reclamou.

- Sim, é justo. E até à noite, Alice. -  Saí do quarto.

_____________________________________________________
Hello my Dreams! Como estão? Talvez poste outro capítulo mais tarde.
Do contrário, postarei amanhã. Obrigado por não desistir da fic, mesmo com meus atrasos. Amo vocês <3

2 comentários:

  1. super perfeito !!!
    to curiossa pra saber iq o Harry quer com a Katy

    ResponderExcluir
  2. Perfeito! Amei!! Por favorzinho, não me mata de anciedade e continua logo.
    Beijinhos!!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar
Críticas construtivas são aceitas.
Não desrespeite as autoras do blog. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão excluídos.
Não peça para divulgar seu blog/página, existe uma página para isso aqui.
A comentário tem que ter relação com o assunto da postagem
Deixe o link do seu blog no final (sem o http) para retribuir a visita
Não aceito mais selos
Volte sempre ♥