Imagine Hot Niall - #23



Sério que você vai ler? Cuidado, não aconselhável para menores de 16 anos okay? Não me responsabilizo se vocês quiserem ler. E ah, sem plágio!

You's POV

Me olhei novamente no retrovisor do carro conferindo se minha maquiagem continuava intacta, sem nenhum borrão ou risco de lápis indesejável. Nada que não fosse de meu agrado eu encontrei. Olhos escuros, bem demarcados pelo delineador e a sombra preta forte esfumaçada. Batom de cor clara, quase se confundindo com o tom de meus lábios naturais. Estava vestida com praticamente todas minhas peças de roupas com da mesma cor preta com exceção das peças íntimas vermelhas rendadas. Estava com vontade de chamar atenção aquela noite e quem sabe arrumar um namorado mais digno do que o meu anterior, não que eu queira conquistá-los por meu corpo e sim por minha personalidade, mas estar atraente ajuda bastante. 
Coloquei uma perna de cada vez para fora do carro, revelando o quão definidas e durinhas elas estavam devido a saia que batia acima do joelho que eu usava. Minha camiseta de paetês brilhantes também preto havia um decote profundo, valorizando parte de meus seios. E o salto alto, calçado indispensável.
Aquele lugar estava lotado, até mesmo porque era a reinauguração daquela boate. Era possível escutar a música bem de longe e não era qualquer música, e sim de qualidade. Caminhei até a entrada do lugar e pude perceber inicialmente alguns olhares sobre mim. O local havia sido reformado, e que reforma. Agora haviam dois andares que provavelmente o segundo seria para algo mais íntimo. Havia um bar maior com bancadas e cadeiras e vários barman's bem vestidos. Sofás distribuídos por toda a extensão da balada, algumas mesas e a pista de dança que continha pisos coloridos e um foco e luz no cento.
Apoiei meus cotovelos deixando a mostra meu decote e esperei um barman me atender, o que não demorou muito.
- O que deseja senhorita?
- Que tal você? -disse provocativa, passando minha mão pela grava preta que ele usava e o trazendo mais para perto. Bem próximo de minha boca. - Um Whisky por favor - assim, o soltei.
- Está aqui -disse me entregando
Bebi um gole e direcionei o olhar para meu lado esquerdo a procura de alguém interessante. Os cabelos loiros inconfundíveis modelados em um topete com alguns fios bagunçados. O mesmo tipo de roupa e o rastro fio de perfume único. Niall estava na mesma balada, talvez, pelo mesmo motivo que o meu.
Pedi mais uma dose e o mesmo barman me atendeu e assim, bebia cada vez mais doses. Estava chapada e as lembranças de como era bom me ver longe de Niall. Havia feito uma tatuagem escrito yummy em minha costa próximos de minhas nádegas. Estava livre para usar as roupas que bem entendesse e me relacionar com quem eu quisesse. As mesmas vantagens se aplicavam a ele. Bom, ele não era tão desprezível assim. Os ombros largos e os braços musculosos e uma pegada deliciosa. A barriga bem definida e os truques na cama. Esqueça isso tudo. Ele seria bom o bastante se no lugar da menina de cabelos morenos eu estivesse lá, porém ele não é o único homem daquela balada. Deixei meu copo ainda na metade na bancada e sai em direção a aquele monte de pessoas dançando, me sentindo atraída por um cara. Alguns centímetros mais alto que eu. Vestia camisa social azul escura acompanhada de uma gravata, calça jeans preta e um sapato, como se estivesse acabado de sair do trabalho. Mais provocativo, impossível. Me aproximei dele como quem não quer nada. O homem percebeu minha presença ao seu lado, e me acompanhou de acordo com a batida da música e a movimentação de meus quadris. Percebi sua excitação e interesse quando passou seus braços fortes por minha cintura e me aproximou de seu corpo, e logo passei meu braço direito pelo seu pescoço e olhando para cima nos olhos dele. O desconhecido aproximou seu rosto do meu e colocou seus lábios nos meus me fazendo sentir o gosto de álcool que ele acabar de ingerir em mais uma de suas bebidas.
Envolvi o pescoço dele com meus braços e estes passaram-se pro minha cintura, proporcionando um atrito delicioso entre os corpos. Tomei os lábios dele novamente e levei uma de minhas mãos para baixo da camiseta dele e ao romper o beijo dei um tapa em suas partes baixas. A mão direita dele parou em uma nádega minha e a outra em minha cintura, a apertando forte. Sinto meu braço ser puxado forte e bruscamente, sem nenhum cuidado. O homem o qual eu estava interessada me soltou sem entender muito e ao me virar encarei as órbitas azuis brilhantes.
- O que você quer? Não vê que estou em outra?
- Cala a boca e me segue.
Andei atrás de Niall que agora segurava fortemente minha mão e me levava para o piso superior. Paramos na frente de um quarto e logo retirou a chave de dentro do bolso.
- Como? -disse confusa
- Sabia que iria precisar tratando-se de você.
Niall poderia ter me deixado mas não perdeu as manhas dele, que obviamente eu adorava, principalmente na cama. Entramos no quarto estava prestes a explodir de tanta euforia, sabia do que ele era capaz quando provocado. Me sentei na cama e esperei ele que voltou com uma sacola.
- Sabia que você foi uma menina muito ruim ao me provocar? -disse beijando meu pescoço- Vai ter consequências sabia? -sugou a pele dali e deixou um chupão.
- Sabia, adoraria saber como você irá me punir.
- Não sabe? Vai ter que me dar muito prazer, muito.
Niall me deitou rapidamente na cama e atacou meus lábios, podendo notar o gosto adocicado de alguma bebida extremamente viciante. Não durou muito e por fim rompemos o beijo com ele deixando uma mordida em meus lábios. Rapidamente retirou minha camiseta e inverteu nossas posições me deixando por cima dele, sentada em seu abdome. Dedilhei a barriga dele com a ponta de meus dedos e o vi arrepiar e fechar os olhos com o contato que nossas intimidades mantinham. Mexi levemente meu quadril rebolando em cima dele e em resposta um gemido dele. Retirei a camiseta e logo após a calça. Por último ao tirar a boxer e ao tentar iniciar um oral nele, Niall levanta me deixando assustado com a ação dele. Foi até a sacola que havia deixado na poltrona, tirou algumas coisas ali de dentro e voltou a se deitar ao meu lado. Passou os dedos por minha pernas ainda cobertas pela saia e subiu ainda acariciando-as, dando para ele a visão que ele queria.
-Cinta liga -pausou, observando a peça- Nada mais sexy. De quatro.
Fiz o que ele exigiu e colocou em minha frente seu membro rígido, com a glande vermelha de tanta excitação. Percebi o que ele queria e passei minha língua pela fenda que já continha o pré gozo escorrendo por ela. Os músculos dele se contraíram ao passar minha língua por toda a extensão e engoli-o inteiramente Levantei meu olhar até encontrar a face dele, a cabeça para trás e os olhos fechados fortemente. Dei prioridade com minha boca a glande e minha mão ficava no restante com os movimentos incessantes de vai e vem. Continuei o que fazia e abri os olhos ao perceber algo sendo passado por minha bunda e intimidade. Parei o que fazia e olhei para trás, um açoite que estava me propiciando aquela sensação boa e sem delongas um estalo foi ouvido e senti minha pele arder.
- Volte a fazer, não mandei parar.
Depois de algum tempo fazendo a mesma coisa, Niall fodia minha boca, literalmente. Fazia aquilo de olhos fechados enquanto agora ele movimentava rapidamente os dedos dentro de mim. Ele parou por um instante e senti introduzindo algo maior e grosso. Um vibrador.
- Uhm -gemi contra o pênis dele.
- Me chupa, mais rápido!
Cada vez que eu fazia alguma coisa que não era do agrado de Niall ele aumentava cada vez mais a velocidade que ele metia em minha boca, muitas vezes eu até engasgava de tão profundo que ia. Tentava controlar meu gemidos, porém o prazer que recebia do brinquedo sexual era enorme e não consegui me contentar por muito tempo e acabei gozando. Os gemidos vindo dele aumentavam cada vez mais e mais algumas estocas para derramar seu líquido em minha garganta. Tirou das coisas em que ele pegou uma camisinha e entregou para mim que a coloquei
Ele de deitou por cima de mim e apoiei minhas pernas nos ombros dele. Niall colocou-se em mim e iniciou rapidamente com os movimentos, me levando a loucura.
- Niall, aaah.
A velocidade das estocadas era impressionante, como eu sentira falta daquilo e dele também. Suas mãos foram diretamente para meus seios e apertaram-os forte. Gemi e passei minha mão pela barriga dele, invertendo nossas posições. Rebolei nele como no início e mudei para a famosa "cavalgada"
- Uh, eu não vou aguentar mais. - suplicou ele e gozou, pegando novamente o vibrador e colocando-o em mim. - Não me esqueci de você.
Mais algumas vibrações e cheguei em meu ápice.
- Acho que vou te provocar mais vezes para repetirmos mais vezes.
- Não será preciso. -disse ele e me puxou para deitar em seu peito.

-----------------------------------------
Hellooooo! 
Gostaram? Espero que sim. E ah, já to planejando um do Harry para o halloween c: E sem plágio okay?
Jana

6 comentários:

  1. oooou que dahora, fui a primeira a ler bjs, kkkkkkkkkkkkk'
    <33 love you jana!

    ResponderExcluir
  2. porra nialll assim vc me mata !!!
    XxBIANCAXx

    ResponderExcluir
  3. Caraca kkk Morri omj o.õ tá per-fect

    ResponderExcluir
  4. Wooooooow meu deus nem parece o Nialler todo fofo do jeito que ele er kkkkkkkkk
    Xx kerolaine Horan

    ResponderExcluir
  5. Antes de eu ler eu tava pensando assim : A o HOT vai ser com o Niall ai nao vai ter graca ! Pq o Nini e muito fofinho, bonitinho nosso bebe !
    Poha dps que eu comecei a ler me surpreendi com o Niall !! Nini safadenho kkkk
    Xx. Pamela C.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar
Críticas construtivas são aceitas.
Não desrespeite as autoras do blog. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão excluídos.
Não peça para divulgar seu blog/página, existe uma página para isso aqui.
A comentário tem que ter relação com o assunto da postagem
Deixe o link do seu blog no final (sem o http) para retribuir a visita
Não aceito mais selos
Volte sempre ♥