Apparently - Capítulo Doze - Como Ser Uma Louca

Foto: Tumblr.

Quinta-feira, trabalho pronto, e psicólogo. Pois é, foi pra valer. Agora aqui estou eu dentro do consultório da psicóloga, esperando só a minha vez. Pensam que foi fácil chegar aqui? Mas não mesmo. Tive que acordar mais cedo do que o normal, pra poder tomar banho antes que a Donna ocupasse o banheiro por uma hora.

Precisei andar de táxi sozinha até a parte norte do centro de Londres. Além de me virar pra encontrar o consultório da Dr. Karen sem nenhum mapa. Por sorte, eu achei.

Recepcionista: Vamos senhorita (S/N)? - Dizia enquanto segurava a porta(para a sala).

Eu apenas me levantei e adentrei a sala, muito bonita por sinal.

Recepcionista: Fique á vontade, com licença. - Saiu e fechou a porta delicadamente.

Assim que ela foi embora eu comecei a andar cada perímetro daquela sala. Sua arquitetura ambientalista só me mantinha mais confortável. Me aproximei das estantes e vi porta-retratos de apenas um garoto. Seus olhos castanhos brilhavam em cada foto que ali continha, além de seu lindo cabelo castanho claro. Lindo, pena que é apenas um bebê.

Dr. Karen: Me desculpe a demora, precisei ir ao banheiro. - Disse entrando e me dando um aperto de mão simpático. - Vamos começar? Sente-se naquela cadeira por favor.

Você: Aqui?

Dr. Karen: Sim, sente-se. Bom, vamos começar. Que tal me falar um pouquinho sobre você?

Você: Claro. - Me aconcheguei mais naquela grande poltrona e comecei a falar. - Bom, me chamo (S/N) Vianna. Tenho 17 anos e nasci na Espanha, mas quando era pequena meus pais me trouxeram para cá.

Dr. Karen: Ótimo, agora vou te dizer uma coisa. Eu tenho essa caixinha que é como se fosse um sorteio, que tem assuntos diferentes pra gente tratar. O que achar de pegar um para começarmos? 

Você: Claro. - Coloquei minha mão dentro da caixa e tirei um pequeno papel.

Dr. Karen: Leia por favor. - Abri o papel e vi claramente o nosso assunto. Pensei que fosse fácil.

Você: Amigos.

Dr. Karen: Muito bem, vamos começar?

Você: Ahn, primeiro eu gostaria que você se apresentasse. Sabe, eu ainda não conheço você..

Dr. Karen: Tudo bem. Meu nome é Karen, tenho 42 anos. Formada em psicologia. Nasci em  Wolverhampton. E sou casada. 

Você: Ahn, você tem filhos?

Dr. Karen: Tenho sim. O garoto que você viu na fotos da estante. 

Você: Ele tem quantos anos?

Dr. Karen: Tem 19 anos. É que as fotos já são antigas.

Você: Ah.

Dr. Karen: Então, vamos começar. De novo. - Disse rindo.

Você: Sim. Bom eu tenho vários amigos. São pessoas que eu conheci na escola. Pra deixar claro na escola Evelyn Grace. As pessoas são meio estranhas ás vezes. Mas alguns são bem legais.

Dr. Karen: Quais são os seus melhores amigos. E o que você descreveria como uma amizade verdadeira?

Você: Amizade verdadeira é aquela que vocês sempre vai poder contar com alguém. Sabe, alguém pra todas as horas.

Dr. Karen: Certo, mas quem são os seus melhores amigos?

Você: A Eleanor. Mas.. na verdade, eu e ela não somos tão "chegadas". 

Dr. Karen: Não são tão íntimas?

Você: Isso mesmo.

Dr. Karen: Me desculpe ser tão apressada. Mas quem é Donna, e porque você bateu nela?

Você: Ela é a minha colega de quarto. Bati nela porque ela engana qualquer um. Ela é uma vadia.

Dr. Karen: Posso saber porque que você acha isso dela?

Você: No primeiro dia de aula. Eu estava um pouco mal porque as pessoas estavam falando mal de mim. Justo por aparência sabe. Aí ela aparece e me tira de lá. Só que depois de um tempo ela começou a espalhar coisas que eram para ser segredo.

Dr. Karen: Certo. Acho que você poderia.. 

Estávamos conversando quando a porta se abre e um garoto entra logo dizendo:

- Mãe, desculpa interromper mas já acabou o horário da consulta.

Dr. Karen: Então terminamos por hoje. Nos vemos semana que vem (S/N), foi um prazer. 

Você: O prazer foi meu, até.

Dr. Karen: Ah, espere (S/N). Aqui está o número do meu celular caso queira falar comigo. E eu não podia esquecer. Esse aqui é o Liam, meu filho.

Foto: Reprodução.

Liam: Oi (S/N), prazer.

Você: Igualmente. - Eu disse tentando parecer simpática.

...


Foto: reprodução.

Você: E aí, como foi a apresentação do trabalho?

Eleanor: Foi ótima, valeu pela ajuda!

Você: Não foi nada flor.

Eleanor: Sobre aquele dia em que você ajudou a gente. Eu peço desculpas.

Você: Pelo ataque de ciúmes?

Eleanor: É..

Você: Ah, tudo bem.

Eleanor: Sério?

Você: Humhum. 

Eleanor: Que perfeito. - Disse me dando um abraço. - Quer ir almoçar comigo?

Você: Não posso ir agora. Vou tomar um banho primeiro.

Eleanor: Por favor. Se junte comigo e com os meninos.

Você: Olha, eu preciso ir mesmo. Mas obrigada.

Eleanor: Ah, tudo bem. Mas o Niall disse que precisava falar com você urgentemente. Até mais.

Você: Até amore. 

Que engraçado, até agorinha eu estava de mau humor. Tô toda feliz. Mas como toda felicidade dura pouco. Aqui está ela vindo em minha direção novamente e agora os olhares estranhos estão sobre mim. Ótimo, o que ela espalhou agora?

____________________________________

Okay gatinhas, é o seguinte. Eu não vou poder cumprir o meu desafio hoje, então fica pra outro dia. Me desculpem se eu decepcionei-as, é só. Não quero ser estraga prazeres mas chega de desafios por essa semana. Foi mal mesmo gente(:/). E me desculpem também pelo capítulo estar meio pequeno.

Sobre a Jana não estar postando.. Uma gatinha perguntou porque a fic não está sendo atualizada. Enfim, ela está ocupada. Do mesmo jeito que eu vou estar, a partir de agora. Só volto a postar ou quinta ou sexta. Porque vai ter simulado. Então.. só estudo.

Me desculpem mais uma vez. Beijos e abraços. Amo vocês(:c).

Hanna Ashley

3 comentários:

  1. Rachel Chel Ribeiro20 de agosto de 2013 18:21

    continua eu to amando!!! e tudo bem eu tbm tenho simulado essa semana kkk let's go study's!!!

    ResponderExcluir
  2. Ahhhhhh continuaaa..... obaa ainda beem q a els foi beem na apresentaçao e ela nini sera q ficam juntos?? Opa o filho da dotora é um gateenho heem kkkkk e oq sera q aquela galinha despenada vai afzer cmg .. eu ja to perdendo a paciencia dakia pouco vou matar ela .... continuaaa pfpfpf
    -PorquinhaRosa

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar
Críticas construtivas são aceitas.
Não desrespeite as autoras do blog. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão excluídos.
Não peça para divulgar seu blog/página, existe uma página para isso aqui.
A comentário tem que ter relação com o assunto da postagem
Deixe o link do seu blog no final (sem o http) para retribuir a visita
Não aceito mais selos
Volte sempre ♥