Apparently - Capítulo Cinco - Festa dos Horrores

Foto: reprodução.

- Narradora On -

- Com qual sapato eu vou? - Eleanor dizia angustiada.

Você: Ah, sei lá. Escolhe qualquer um. - Ela me olhou como se fosse a matar! - Okay. Calma, calma! - Até que ela voou em cima da garota e começou a bate-la com o travesseiro. Como qualquer guerra entre amigas, tudo acabou em boas risadas.

Eleanor: Esse aqui, que tal? - Perguntava feliz.

Você: Hum.. esse tá perfeito.

Ela assentiu e pegou o seu sapato, colocou em cima da cama junto de sua roupa e disse:
Eleanor: Agora a sua, o que você vai usar em (S/N)? - Ela dizia olhando as roupas dela. - Que tal? - Ela estava segurando um vestido preto, com altura acima do joelho.

Você: Não vou usar coisa nenhuma!

Eleanor: Pelada é que você não vai né. - Ela disse estressada e (S/N) começou a rir. Porque ela está rindo? Eu hein.

Você: Não vou usar esse vestido, tá curto demais. Tá tão curto que vão ver o meu umbigo das estrelas. - Ela disse rindo.

Eleanor: Mas o que? Você bebeu? Porque né.

Você: Não, acho que foi o calmante que a Donna me deu ainda agorinha.

Eleanor: E pra que você queria um calmante? - Ela perguntou óbvia.

Você: Pra provar ué. - Disse como se fosse a coisa mais simples do mundo.

Eleanor: Sua louca, não se toma calmantes sem ter motivos. - Nessa hora (S/N) fez uma expressão triste e começou a chorar. - Só era o que faltava.

    Do outro lado da escola os meninos também estavam tomando pequenas decisões.

- Ham, que tal essa blusa aqui. Com aquela calça. - Harry dizia.

Niall: Melhor com a sua calça preta. - Niall dizia, até atrair os olhares de outros garotos que também estavam no quarto. - Vai combinar mais amiga. - Disse com uma voz fina, fazendo todos rirem.

Louis: Claro, vai ficar um gato. Vou querer o seu telefone viu. - Disse Louis.

Logan: Será que a gente pode ir no matinho, é rapidinho viu? - Disse Logan. Assim todos os garotos entraram na brincadeira.

...

- Passa o hidratante. - Dizia Donna. Ela e Emma estavam se arrumando no quarto(de Donna e (S/N).

Emma: Aqui. Don, você me acha bonita? - Em perguntou tristonha.

Donna: Claro, você é sim. Bem legal, além de ser fofa né.

Emma: É..

Donna: Porque você está peguntando isso? - Don perguntou desconfiada, mas a garota não respondeu. - Ah, é por causa do Niall né?

Emma: É sim. - Ela disse um pouco surpresa, iria perguntar como ela sabia. Mas se lembrou que havia contado a amiga alguns dias atrás.

Donna: Então, você quer ajuda para conquistar ele, ou só ficar? - Don perguntou convencida e apressada.

Emma: Eu realmente gosto dele, ele é tão legal. - Em disse sorrindo abobalhada, mas ela ainda não sabia que ele gostava de outra pessoa.

Donna: Ahm, minha bebê tá apaixonada - Donna disse cantarolando, arrancando risos das duas.

...

Harry: Eu to levando duas camisinhas, pega Niall. - Disse jogando as camisinhas restantes para Niall.

Niall: Eu não vou precisar. - Disse e jogou de volta.

Harry: Mas porque? - Harry disse confuso.

Niall: Não quero transar hoje. 

Harry: Tudo bem.. vai querer uma Lou? - Louis pensou e logo disse:

- Vou levar uma caso eu precise.

Harry: É isso aí Lou! - Harry disse e juntos deram um toque de mão.

...

- Você On - 

Foto: reprodução.

    Assim que terminamos de nos arrumar, eu e Els fomos até o espelho ver como ficou o resultado. Ela estava com uma calça preta, peep toe de cor nude e uma blusa verde de botão sem mangas. Brincos dourados e uma maquiagem leve, sendo um rímel sem cor e um batom levemente rosa. Seu cabelo estava solto com leves ondas. Já eu estava com a porcaria do vestido preto(sim, ela me convenceu), que era sem mangas e destacava a cintura. Estava com um oxford quase branco, que possuía algumas flores de cor rosa(o da foto). Além de uma trança raiz, e maquiagem igual a dela(Eleanor).

Eleanor: Estamos lindas. - Els disse, porque isso nunca sairia da minha boa.

Você: Vamos embora, as meninas já devem estar esperando a gente. - Eu dizia tentando nos apressar. 

    Saímos do quarto e seguimos o corredor até encontrarmos a Donna. Ela estava com um vestido amarelo bebê de apenas uma manga, mesmo assim sendo manga curta. Um salto preto e de lábios vermelhos, grandes argolas simples e com o cabelo de lado.

Donna: Meninas. Vamos logo, todo mundo já desceu! - Ela dizia tentando nos apressar.

Você: Eu avisei. - Disse rindo e me referindo que já deveriam estar nos esperando, Eleanor como resposta me deu uma cotovelada no seio. Ela vai me pagar..

Eleanor: Hey! Niall! - Eleanor dizia tentando chamar a atenção dele.

Niall: Ah, oi meninas. - Ele dizia meio cabisbaixo. - Pensava que vocês não iriam pra festa.

Eleanor: E porque a gente não iria? - Eleanor peguntava enquanto o abraçava.

Niall: É melhor vocês não irem, é sério. Não quero ver vocês machucadas. - Ele disse em forma de alerta. Eu olhei para Eleanor que estava confusa, olhei para o meu vestido e olhei para as meninas.

Você: Talvez seja melhor a gente ficar mesmo. - Disse já me virando pra ir embora.

Niall: É melhor mesmo.. - Niall disse baixinho, mas se eu consegui escutar. Se eu consegui escutar, imagine a Els que estava agarrada com ele?! Ela olhou pra ele furiosa e disse:

- Qual é o teu problema? - Vish. Agora vem o barraco. - Me responde! - Ela dizia furiosa.

Niall: Me desculpa, vocês entenderam errado! - Ele dizia com medo, tadinho.

Eleanor: Se a gente entendeu errado, me explica! - Ela dizia já gritando, e como o povão é curioso já tinha uma rodinha em volta da gente. Como a gente tava em área escolar(estávamos na frente da porta da escola) eu fui até ela e saí puxando ela.

Você: Els, qual é o seu problema? - Eu disse dando ênfase no "seu".

Eleanor: Mas o que? Menina qual o teu problema? - Ela deu ênfase no "teu" e nós duas começamos a rir.

Você: Vamos voltar pro quarto. - Eu disse me virando enquanto ria.

Eleanor: Nana-nina-não! - Ela disse segurando no meu braço e me puxando para o portão da escola. Estávamos logo atrás de um grande grupo de meninas.

...

Eleanor: Nossa esse lugar tá bombando. - Dizia Els enquanto movia sua cabeça no ritmo da música.

Você: Literalmente. - Disse enquanto via de tudo rolando por aí.

     A festa era em uma casa, mas precisamente uma mansão. Assim que chegamos eu vi um garoto correndo de cueca, mas como assim? A festa ainda nem começou e já tem gente bêbada?

- Gente, vamos dar as boas vindas para os calouros da Evelyn Grace Academy! - Dizia Donna erguendo uma garrafa de cerveja. Quando ela disse isso todo mundo que estava a nossa volta começou a gritar. Pra entrar no ritmo eu disse:

Você: Iupi. - Disse desanimadamente enquanto balançava as minhas mãos.

    Algum tempo depois Els tinha sido levada por um garoto, e eu aqui com cara de trouxa encostada na mesa de bebidas sem ter provado um pingo de álcool. Nunca tive coragem para provar, acreditem.

Desconhecida/Loira: Hey lindinha, vem comigo. - Uma garota loira disse enquanto puxava a minha mão e me levava para dentro da casa.

Você: Para onde a gente tá indo? - Eu perguntei assustada, afinal eu estava numa festa com um monte de bêbados e com poucos conhecidos.. 

Desconhecida/Loira: Calma, você vai odiar. - Ela disse com um sorriso diabólico. É agora que eu fico assustada mesmo! Cadê você Scooby Doo?

    Ela me levou e passamos por um corredor escuro no segundo andar. Nesse corredor todas as portas estavam abertas, íamos passando e eu via garotos transando com garotas. Cenas dignas de filme de suspense(e pornô, ignorem isso beleza?). 
     Ela estava me levando até o final do corredor, que tinha uma janela imensa. Enquanto passávamos por lá eu escutei um grito de socorro da Els, e ela continuava gritando. Me soltei da garota e saí correndo atrás da Els(afinal, ela era minha amiga né?!). Eu corri até encontra-la num quarto, um garoto estava tirando a roupa dela enquanto dizia:

Desconhecido: Você é virgem? Porque se for, melhor ainda. - Ele estava com um sorriso louco. Eu corri para o corredor e peguei um jarro que tinha ali. Como ele estava de costas eu só dei uma na cabeça dele, até que começou a sangrar. Eu como estava assustada fiquei parada, enquanto ele se virava para mim. Ele era lindo, dava para ver. Além de bêbado é claro, porque deu para sentir o bafo da cerveja quando ele falou:

- Sua vadia! Aposto que é caloura também. - Ele dizia passando a mão pelo meu rosto. - Ela é sua amiguinha? - Ele dizia enquanto eu ficava calada. Só acabei irritando ainda mais ele, porque ele me atingiu em cheio um soco na cara. Que por acaso também fez minha boca sangrar. 

Eleanor: Não! - Els havia gritado quando me viu sentada no chão, com a mão no rosto e chorando. Pra ser precisa, nós duas estávamos chorando. Eu chorava ainda mais enquanto ele vinha me bater novamente.. até que três garotas entraram no quarto.

Desconhecida/Ruiva: Poxa, ela é nossa. - Uma garota ruiva disse, mas estava com uma máscara. Então não dava pra ver o rosto dela.

Desconhecida/Loira: Deixa ela com a gente amor. - A garota loira do corredor falou e foi até o cara, depositando um beijo em sua boca.

     Foi fácil pra elas me carregarem, já que eu era magrinha. Me levaram para um quarto e pegaram chicotes, além de um pano que no qual serviu para tapar a minha boca. O que eu fiz para merecer isso meu Deus?

Desconhecida/Ruiva: Não complica o nosso trabalho viu meu amorzinho. - A garota ruiva disse, enquanto uma garota morena se aproximou de mim, se agachou na minha frente(eu estava sentada no chão). As outras meninas me seguravam e a morena ela deu um beijo na minha boca e lambeu a minha bochecha. Piscou pra mim e disse:

Desconhecida/Morena: Depois me passa o seu telefone viu? - Quando ela disse isso as outras garotas começaram a rir.

Você: Você é lésbica? - Eu perguntei com dificuldade já que estava amordaçada. Ela apenas riu.

Desconhecida/Morena: E você, é lésbica? - Ela perguntou debochando de mim.

Desconhecida/Ruiva: Fica quietinha tá, prometo que não vai doer tanto. - A ruiva disse enquanto segurava um pedaço de madeira.

    Me colocaram da quatro e começaram a me bater. Eu só tentava gritar com a dor que eu estava sentindo, outra garota mascarada entrou no quarto e distribuiu cerveja entre elas. Que só riam de mim. Depois de algum tempo começaram a dar tapas na minha cara e jogar cerveja em cima de mim.

Desconhecida/Ruiva: Tá gostando vadia?! - A ruiva dizia rindo enquanto me batia. - Em (S/N), você tá gostando? - Eu fiz que não com a cabeça enquanto chorava. Minhas tentativas eram em vão de tentar me soltar. Eu já estava ficando cansada e sem ar, até que tudo ficou escuro. Mas eu ainda podia escutar suas vozes:

Desconhecida : Que merda, ela tá desmaiando! - Uma delas disse.

Desconhecida: Quero é que morra junto com aquela amiguinha vadia dela. - Uma delas disse alterada e deu um chute na minha barriga.

Desconhecida: Droga! Garota, garota! Acorda! - Alguém dizia gritando. Mas eu não conseguia me mover, tudo ardia, doía.

Desconhecida: Melhor a gente sair daqui, anda! Pega tudo! - Até que eu apaguei de vez.

Foto: reprodução.

- Eleanor On -

     Eu estava bêbada(de tanto o cara dar bebidas pra mim), mas ainda tinha um pouco de consciência. Ele tinha me levado para um quarto, e eu gritava por ajuda. Mas parecia que ninguém me escutava. Ele começou a tentar me tocar, e a partir daí tirar a minha roupa.

Desconhecido/Cara: Você é virgem? Porque se for, melhor ainda. - Ele dizia passando a mão pelo meu rosto. Foi quando a (S/N) apareceu na porta com um vaso na mão e o acertou em cheio na cabeça, eu ainda tinha chances de que ele desmaiasse. Mas eu fui muito ingênua, fez apenas um pequeno corte. - Sua vadia! Aposto que é caloura também. - Ele dizia passando a mão pelo rosto dela. - Ela é sua amiguinha? - Ele dizia enquanto eu só queria que ela fugisse e encontrasse a primeira cabine telefônica(já que tínhamos deixado nossos celulares na escola) que visse na sua frente. Quando me dei por conta, ele havia dado um soco nela.

Eleanor: Não! - Eu acabei não me contendo e gritando. Até que três garotas entraram no quarto e a tiraram daqui, eu só espero que agora ela esteja bem..

Desconhecido/Cara: Então, onde estávamos meu amor. - Ele dizia me beijando. Eu já estava chorando à um longo tempo, tanto por estar assustada como por estar com muito medo. - Melhor chamarmos companhia. - Ele disse e se virou para a janela chamando alguns meninos. E eu apenas aproveitei a distração para fugir, foi quando ele pegou no meu braço bruscamente e me jogou em cima da cama. - Pensou que iria fugir belezinha? - Ele se encostou na cômoda enquanto ficava me fitando. Até perguntar:

Desconhecido/Cara: Quando tudo isso aqui acabar, que tal mantermos contato? - Ele dizia sorrindo.

Eleanor: Só se for no inferno - Eu disse e joguei um porta-retratos na parede. Fazendo-o se partir em pedacinhos.

Desconhecido dos Olhos Verdes: Hey! Isso é da minha mãe sabia?! - Um garoto dos olhos verdes chegou dizendo isso. - É ela é? - O garoto que tentava me abusar apenas assentiu. - Eu já vi você, você pode não lembrar de mim. Mas eu já te vi gracinha. - Ele dizia acariciando o meu rosto, até depositar um beijo em minha boca. Admito, era um beijo bom e não tinha gosto de cerveja mas mesmo assim eu me afastei.

Desconhecido/Cara: Acho que já podemos começar a festa. - O garoto que tentava me abusar disse quando outros garotos chegaram. Todos estavam com garrafas de cerveja e vodka em volta de mim na cama. Começaram a tirar a minha roupa, eu já não aguentava mais. Eu estava pelada, garotos bêbados estavam à minha volta. E ainda não tinha nenhum jeito de como fugir.

Desconhecido dos Olhos Verdes: Então, quem vai ser o primeiro? - O garoto de olhos verdes disse.

Desconhecido: Eu posso? - Um de olhos azuis baixinho e musculoso disse.

Desconhecido dos Olhos Verdes: Opa, vai em frente. - Eles apenas riram e quando ele iria me penetrar, alguém arrombou a porta fazendo todos se assustarem.

     Era o Niall, como eu estava feliz em ver ele.. que saiu batendo em todos os meninos até todos se revoltarem e quererem bater nele. Como ele(Niall) estava perto das garrafas de bebida deixadas na cama em que eu estava, ele as pegou e ameaçou joga-lás em cima deles. Assim que todos saíram ele tirou sua jaqueta(de time de futebol) e me cobriu, peguei minhas roupas e ele disse:

Niall: Melhor se apressar, eles podem voltar. - Disse preocupado, se virou e eu coloquei só a calça(ainda estava com a jaqueta). Então saímos daquela "festa de terror".

___________________________


      E aí gente que eu amo tanto(<3)?! Eu queria dizer que esse capítulo foi muito "LOL" de se fazer, porque eu tirei essa ideia de um filme. É que tinha esse tipo de coisa de ficarem batendo nas pessoas, só que era tudo menos brutal(no filme). Mas eu fiz assim e gostei do resultado(c:). 
  Vocês também nem vão conseguir adivinhar o que eu fiz hoje(*.*)... EU ESCREVI UMA MÚSICA(\o/\o/). Isso me fez me sentir uma DIWA(uia u.u).
      Só isso mesmo.. até o próximo capítulo!
      69 beijos pra vocês.
Hanna Ashley

10 comentários:

  1. wow! esse cap. foi incrível! vei tu eh mt criativa, mesmo pegando do filme, o que eu acho uma ótima maneira de se inspirar. estou anciosa para o próximo cap. !!! xxxxx <3 ;-) +69 bjs pra ti tbm

    ResponderExcluir
  2. Nossa esse capitulo foi muito bom , o que sera que vai acontecer com a S/n ! To com medo ! haha' continua viu amore , 69 beijos pra tu tbb *-*

    ResponderExcluir
  3. que isso garota essa capitulo foi ótimo vc tem que continuar logo to amando afic 69 bjs haha

    ResponderExcluir
  4. to loca pra sabet quem era os meninos q ia abuzar da Els
    Eu acho q 1deles é o Harry pelo fato dos olhos verdes.Sera q é ele??
    oq vai aconteçer com a S/N ??? to muitoooo curiosa
    To amando sua Fic ,ela é mto PERFEITA
    Continuaave posta logo
    Bjos
    69 haha haha haha

    ResponderExcluir
  5. continuaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  6. cara essa sua fic ta sendo uma das melhores, tá muito boa mesmo, continua rapido pf n demora pra postar outro capitulo bj :))

    ResponderExcluir
  7. continuaaaaaaaa tá muito legal a fic

    ResponderExcluir
  8. Véi ta incrivel
    Continua loogo é perfeita essa fic *-*

    ResponderExcluir
  9. Putaaa que pariuuu manoii esse cap foi fodaaaaa

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar
Críticas construtivas são aceitas.
Não desrespeite as autoras do blog. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão excluídos.
Não peça para divulgar seu blog/página, existe uma página para isso aqui.
A comentário tem que ter relação com o assunto da postagem
Deixe o link do seu blog no final (sem o http) para retribuir a visita
Não aceito mais selos
Volte sempre ♥